Seguidores

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Horizonte

Olhos de saudade, lembrando
A mão suspensa, despedida
O momento findando,
Partida...

Saudade nos olhos, chorando
Olhos de lágrima, contida
O horizonte tragando,
Nau, diminuída...
(©By Adilson S. Silva)

10 comentários:

  1. Oh Adilson, que emocionante... Lindo, parabéns e bom final de semana ;) Ceiça Lima.

    ResponderExcluir
  2. despedidas são sempre assim, intenso, para marcar o momento que se vai, vai para ficar...

    ResponderExcluir
  3. Teus versos vestiram-me com perfeição...

    Saio daqui com a alma aquecida por sua poesia.

    Carinhos...
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Adilson, esses momentos ficam eternamente a ser vividos... são momentos que partem para nunca se irem... adorei, parabéns, abçs desde um outro horizonte.

    ResponderExcluir
  5. Momentos que se eternizam em nós.
    Lindo poema.

    Obrigada pela gentileza deixada no meu Oceano.

    Um abraço
    oa.s

    ResponderExcluir
  6. Poetizando diminui a dimensão da dor.

    Abraço

    ResponderExcluir
  7. Hoje estou passando apenas para lhe fazer um convite.
    Estou falando do www.superlinks.blog.br que é um site agregador que vale a pena visitar, pois é mais um espaço no qual você poderá publicar seus links de matérias, pois é um site sério e com critérios bem positivos.
    Espero que goste da dica.
    Um grande abraço

    ResponderExcluir
  8. Olá Adilson

    Como vê, não esqueci os amigos. Alguns, me esqueceram.
    Já regressei de férias e penso postar, amanhã.
    A sua poesia é, como sempre, curta, certeira, significativa.

    Abraço de luz.

    ResponderExcluir
  9. Hermosa poesía,profunda ,serena y de una sensibilidad peculiar.
    Gracias por decidir acompañar mi humilde trabajo...
    Un abrazo cordial, desde Argentina.
    Elsa

    ResponderExcluir
  10. Olá Adilson,

    Procurava novidades literárias, mas estarão a ser aperfeiçoadas.
    Apareça. Obrigada.

    Abraços de luz.

    ResponderExcluir