Seguidores

domingo, 31 de outubro de 2010

Versos rasos II

Meus versos rasos
São a minha palavra,
A minha letra,
Que ao tentar dizer
Tudo o que penso
Em palavras me perco,
E o verso cala
Esperando que você
Ao Vislumbrar
O que há de belo
Nas entrelinhas
Do meu pensamento
Me dê seu sorriso
Face ao meu silêncio
Como amável e,
Doce recompensa...
(@by Adilson S. Silva)

2 comentários:

  1. Bonito, Adilson! - Parabéns! - Abração

    ResponderExcluir
  2. Mesmo que hajam incompreensíveis entrelinhas... Sempre haverá o sorriso. Bjos,

    ResponderExcluir