Seguidores

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

FRAGMENTOS

9 comentários:

  1. Era outra a noite, eram outras as estelas... mas o céu e a poesia sempre são os mesmos... gostei, poeta, beijos, Concha.

    ResponderExcluir
  2. Gosto da nova cor do teu espaço, o azul do oceano que dividimos... beijos, Concha.

    ResponderExcluir
  3. Linda poesia e imagem!!
    Senti falta de tuas postagens.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  4. obrigado amigas , sejam sempre bem vindas .... abçs

    ResponderExcluir
  5. Os versos vêm mesmo à prestação, como tudo na vida. Até a noite chega devagar, permitindo que o céu seja aos poucos pintado, para nosso encantamento.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  6. Deliciosamente belo...estas prestações, amigo poeta Adilson:-)
    Abraço amigo.

    ResponderExcluir
  7. Obrigado pelos gentis comentarios Daniele , Marilene e tecas ... um forte abraço

    ResponderExcluir
  8. Adilson,versos a prestação e tão bonitos!Vc tem um grande talento,meu amigo!Bjs e bom final de semana!

    ResponderExcluir