Seguidores

terça-feira, 9 de outubro de 2012

Beija-flor...II

Foto: Beija-flor...

Entre as paredes decoradas pelo tempo ainda
Há tantos sonhos para sonharmos juntos...

O amor chega sem avisar, sem pedir, sem esperar,
De uma maneira única, nos salva... da falta e,
Reinventa nossa existência...

Que o amor sempre decida,
Como beija-flor, seguirei voltando, 
Ali onde me descobri amando.
Tudo regressa ao seu tempo e medida...

(©By Adilson S. Silva)
Entre as paredes decoradas pelo tempo ainda
Há tantos sonhos para sonharmos juntos...

O amor chega sem avisar, sem pedir, sem esperar,
De uma maneira única, nos salva... da falta e,
Reinventa nossa existência...

Que o amor sempre decida,
Como beija-flor, seguirei voltando,
Ali onde me descobri amando.
Tudo regressa ao seu tempo e medida...

(©By Adilson S. Silva)

Um comentário:

  1. Suave e delicado poema.
    Muito bom ler você

    abraço meu Amigo
    cecilia

    ResponderExcluir