Seguidores

sábado, 9 de novembro de 2013

Hoje

Foto: Hoje

Hoje,
Estou me sentindo
Com um mar de coisas
Dentro de mim...

Respirei sua brisa, senti seu cheiro
À guisa de um olhar,
Tão distante, que esse mar me traz...

Esse mar, que não tem fim...
Vai e vem, desejante, retorna sempre
Ao mesmo lugar...
   
Meu peito
Singrando as correntes,
Sem porto para aportar

Hoje acordei assim ...

Adilson Shiva


Hoy

Hoy, 
Estoy sintiéndome 
Con un mar de cosas Dentro de mí... 

Respiré su brisa, sentí su olor
A la guisa de un mirar, 
Tan distante, que ese mar me trae...

Ese mar, que no tiene fin... 
Va y viene, deseante, y
Vuelve siempre al mismo lugar... 

Mi pecho singrando las corrientes,
Sin puerto para atracar
Hoy me desperté así ...

Adilson Shiva
Hoje,
Estou me sentindo
Com um mar de coisas
Dentro de mim...

Respirei sua brisa, senti seu cheiro
À guisa de um olhar,
Tão distante, que esse mar me traz...

Esse mar, que não tem fim...
Vai e vem, desejante, retorna sempre
Ao mesmo lugar...

Meu peito
Singrando as correntes,
Sem porto para aportar

Hoje acordei assim ...

Adilson Shiva


Hoy

Hoy,
Estoy sintiéndome
Con un mar de cosas Dentro de mí...

Respiré su brisa, sentí su olor
A la guisa de un mirar,
Tan distante, que ese mar me trae...

Ese mar, que no tiene fin...
Va y viene, deseante, y
Vuelve siempre al mismo lugar...

Mi pecho singrando las corrientes,
Sin puerto para atracar
Hoy me desperté así ...

Adilson Shiva

4 comentários:

  1. Respostas
    1. Obrigado Ana...é sempre um prazer recebe-la aqui...abraços

      Excluir
  2. Hoje... Acordou lindamente, então. Há acordar mais bonito do que com o beijo da poesia?

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Milene ...é bom tambem acordar com a sua visita ...abraços

      Excluir