Seguidores

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Cadeira vazia...


Há golpes na vida
que nenhuma palavra testemunha.
Saudades do som de tua boca,
o mar que havia em teu sorriso
e isso é tudo...

(Adilson Shiva)


Silla vacía...

Hay golpes en la vida
que ninguna palabra testimonia.

Extraño el sonido de tu boca,
el mar que habia en tu sonrisa
y eso es todo...

(Adilson Shiva)

2 comentários:

  1. Amé este poema, Adilson.
    Te mando un abrazo.

    ResponderExcluir
  2. Depois de um bom tempo afastada dos blogs, voltei!
    Aguardo visita dos amigos no meu novo espaço.

    http://momentosbrancoepreto.blogspot.com.br/

    Lindo dia!!!

    ResponderExcluir